Marketing de conteúdo: 7 dicas de SEO para textos

Por 22/06/2016
Marketing de conteúdo: 7 dicas de SEO para textos

No marketing de conteúdo, a maneira como o texto é escrito e estruturado pode influenciar no posicionamento em que o site de uma empresa aparece nos mecanismos de buscas.

Sendo assim, preparamos 7 dicas de SEO para textos para que você possa desenvolver conteúdos de qualidade e que atraiam mais tráfego orgânico para o seu site ou blog, além de dar aquela força para os mecanismos de busca ranquearem o seu site da melhor forma possível. Acompanhe!

1. Escreva para quem quer saber sobre o assunto

Escrever para o público-alvo é, sem dúvidas, a melhor maneira de construir textos mais atrativos e, principalmente, relevantes, visto que o conteúdo atende — ou poderá atender — diretamente as necessidades dos leitores. Portanto, conhecer o seu público e quais são seus assuntos de interesse é fundamental!

2. O título é uma isca

O título é o primeiro contato que o leitor terá com o seu texto e, portanto, é o momento em que ele irá decidir se quer ler o seu conteúdo ou não. Sendo assim, pense em um título interessante, chamativo e que contenha alguma promessa para o leitor.

Procure pensar nele como se fosse fazer uma busca. Dessa forma, a palavra-chave principal deve estar presente e estrategicamente posicionada na chamada do título. Por exemplo: se o seu texto dará dicas sobre como preparar o melhor molho de tomates, que tal usar o título “ x dicas que você precisa saber para preparar um molho de tomates perfeito”?

3. Não copie, crie!

A partir do tema escolhido, os textos devem ser originalmente escritos e jamais copiados. No caso de usar frases e/ou citações, bem como trechos de obras, trabalhos acadêmicos e artigos, eles devem ser devidamente creditados.

O Google não considera um conteúdo duplicado como relevante e também condena a prática de plágio. A consequência é a penalização através da queda de posições.

4. Fundamente e seja coeso nas ideias

Ao produzir conteúdo para público específico, considere que eles entendem — ou estão buscando entender — o tema. Portanto, as informações devem ser consistentes e, caso você não domine o assunto, pesquise a fundo e use referências de fontes confiáveis e atualizadas.

A coesão é igualmente importante para garantir fluidez ao texto. Para isso, siga uma sequência com introdução, desenvolvimento do assunto e conclusão. Do contrário, o leitor pode ficar confuso e perder o interesse pela leitura, além de não ter o seu problema resolvido.

5. Atenção à semântica

Para que o Google “leia” o seu texto e reconheça as partes importantes, de modo a facilitar a indexação do conteúdo, é preciso que algumas tags estejam presentes, tais como títulos em H1, subtítulos — em que o conteúdo será desenvolvido — em H2 e negrito <Strong> nas palavras-chave. Essa formatação também ajudará o leitor a compreender melhor o que está sendo lido.

Atualmente, a maioria das ferramentas para produção de conteúdo possuem essas tags automatizadas e você não precisa entender de HTML para que o texto esteja formatado adequadamente tanto para os buscadores quanto para os leitores.

6. Planeje as palavras-chave

As palavras-chave devem aparecer no texto de forma natural e bem encaixadas no contexto geral. O ideal é que apareçam em três momentos, além do título. Preferencialmente no primeiro parágrafo da introdução, em um intertítulo ao longo do texto e na conclusão.

O Google oferece o Planejador de Palavras-chave, uma ferramenta gratuita de pesquisa e que também oferece ideias para aplicação do termo. Por exemplo: a palavra “merchandising” é muito genérica e oferece milhares de resultados de busca, o que torna mais acirrada a briga por um bom posicionamento.

Em contrapartida, o planejador mostra outros resultados relacionados e com menor incidência, tais como: técnicas de merchandising, merchandising no ponto de venda e curso de merchandising, que podem ser utilizados e concorrer com menos conteúdos relacionados na web.

7. Últimas dicas de SEO para textos

  • Capriche nas imagens, pois elas são a representação visual do que está sendo tratado e devem ficar posicionadas próximas ao trecho relacionado;
  • Escolha imagens de alta qualidade;
  • Renomeie o arquivo salvando com a palavra-chave;
  • Use legendas e créditos em todas as imagens utilizadas.

O que achou das nossas dicas de SEO para textos? Deixe seu comentário!

Artigos relacionados

COMENTÁRIOS


© Copyright 2016 - Todos direitos reservados a Harpia Propaganda