Análise SWOT e estudos de mercado para orientar suas estratégias

Por 05/06/2017
Análise SWOT e estudos de mercado para orientar suas estratégias

Conhecer a realidade de seu mercado é fundamental para posicionar sua empresa na internet de forma rentável

Antes de empreender ou de fazer qualquer mudança na política de estratégias de sua empresa, é fundamental conhecer o contexto, o cenário do mercado onde sua marca se insere.

O marketing desenvolveu várias técnicas para fazer estes estudos de mercado, e uma das mais comuns e simples de se fazer é a Análise SWOT.

Neste texto, mostraremos como fazer uma boa Análise SWOT de sua empresa, já pensando em um contexto de internet, redes sociais e relações comerciais voláteis e instantâneas.

Um consumidor muito mais preparado para negociar

Antes mesmo de se falar em SWOT, temos que lembrar que os tempos do comércio de produtos e serviços nos dias de hoje são muito mais dinâmicos e intensos do que antigamente.

Com a internet e as redes sociais, o cliente se torna o que chamamos de “Consumidor 2.0”, um tipo de público que se informa muito mais sobre os produtos e serviços aos quais se interessa e que, portanto, está muito mais atento a preços, condições de pagamento e de qualidade das aquisições.

Isso interfere diretamente sobre a negociação com os leads.

A Análise SWOT

A sigla SWOT significa Strengths, Weaknesses, Opportunities and Threats – em português, Forças, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças (FOFA). Isso significa que é uma análise bastante abrangente, que considera aspectos positivos e negativos da sua empresa dentro do mercado, em contextos intrínsecos e extrínsecos.

Veja a seguir o que podem significar cada um destes fatores.

 

– Forças:

A força de sua empresa é um aspecto positivo intrínseco, ou seja, diferenciais e capacitações de sua empresa que, por si só, podem significar uma vantagem em relação à concorrência. Por exemplo: um produto/serviço exclusivo de sua marca, a possibilidade de oferecer preços mais baixos, prestígio de sua marca, equipe capacitada, etc.

– Oportunidades:

A oportunidade é uma vantagem de sua marca, mas que considera principalmente aspectos externos ao seu controle, ou seja, fatores que não dependem do seu controle. Exemplos de oportunidades podem ser o poder aquisitivo de seu público, a fraqueza da concorrência, facilidades tributárias e outros.

– Fraqueza:

As fraquezas de uma empresa são aspectos negativos que dependem de sua própria marca. Por exemplo, dificuldades logísticas e administrativas, impossibilidade de oferecer preços acessíveis, falta de equipe capacitada, ingerências internas, dívidas e outros.

– Ameaças:

As ameaças são dificuldades à sua marca causadas pela concorrência ou por contextos externos. Por exemplo: concorrência acessível e qualificada, público com baixo poder aquisitivo, localização desfavorável, etc.

O ambiente digital

É possível adaptar sua análise SWOT ao ambiente digital, amplificando os fatores – a internet não tem limites geográficos. Com a internet, fraquezas podem se tornar forças e vice-versa, além de deixar também o limite entre cada uma dessas características menos claro. Portanto, estude seus cenários de forma bem elaborada e faça negócios de forma mais consciente. Investir em seus negócios sem analisar os contextos pode trazer altos riscos – aja com consciência e ganhe mais dinheiro.

Artigos relacionados

COMENTÁRIOS


© Copyright 2016 - Todos direitos reservados a Harpia Propaganda