Redes sociais: como escolher as melhores opções para a sua empresa?

Por 21/02/2017
Redes sociais: como escolher as melhores opções para a sua empresa?

Se você investe em marketing digital para sua empresa, já deve ter ouvido falar em social media. As mídias sociais são uma maneira barata e eficaz de fortalecer sua marca, gerar engajamento, estreitar a relação de proximidade com o cliente e, é claro, resultar em vendas. Mas com tantas redes sociais existentes, como saber qual gerará melhores resultados para sua estratégia de comunicação? Como escolher a rede social certa para sua empresa?

Foco é importante

Você não precisa estar em todas as redes sociais. Cada uma delas possui uma dinâmica própria, e pode ser que nem todas atendam às necessidades da sua empresa. Não adianta investir em anúncios no LinkedIn, por exemplo, se seu público-alvo são adolescentes de 13 à 17 anos. Avalie a persona que deseja atingir.

Entretanto, pode ser uma boa aposta criar perfis para sua empresa em redes sociais que não pretende utilizar. Assim, se um dia mudar de estratégia, garantirá que nenhuma outra pessoa registre um perfil com o mesmo nome da sua marca.

Descubra quem utiliza cada rede

As próprias empresas que administram redes sociais costumam disponibilizar pesquisas sobre o perfil de seus usuários. Vale pesquisar e descobrir qual plataforma tem maior apelo com seus potenciais clientes. O Pinterest divulgou recentemente uma pesquisa que mostra que de suas 21 milhões de contas cadastradas, 82% pertencem a mulheres. Os dados também revelaram que a maioria dos murais criados no site são sobre moda e decoração. Essas informações são valiosas e cruciais para definir seu planejamento de comunicação.

Comece pelo básico

Sua empresa precisa estar, no mínimo, em duas redes sociais atualmente: Facebook e Google+. Há justificativas. A primeira é imprescindível por ser a rede mais usada no Brasil e no mundo. Além da óbvia questão matemática, o Facebook também oferece ferramentas muito úteis para quem administra fanpages empresariais. A função de compartilhamento é extremamente eficaz para gerar engajamento orgânico. Já as opções de anúncios pagos te ajudarão quanto à segmentação do conteúdo e otimização do processo de análise de dados. Quanto ao Google+, é a rede cujos resultados mais são indexados em mecanismos de busca. A relevância de um link no site não deve ser ignorada por quem investe em SEO.

Vale começar por aí e analisar, semana a semana, a necessidade de expandir o número de perfis da sua empresa.

Aposte em múltiplas abordagens

O heavy user de redes sociais tem várias facetas. Um usuário que goste da dinâmica do Tumblr, por exemplo, também pode se interessar pelo Snapchat – e provavelmente o faz. Segundo uma pesquisa da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, realizada em 2015, 70% dos usuários de mídias sociais possuem perfis em mais de uma rede. Pense nisso na hora de definir a persona. Um internauta que goste do bombardeio de informações e interações rápidas do Twitter, por exemplo, provavelmente também responderá bem aos estímulos de um vídeo rápido, ágil, objetivo e divertido no YouTube. Pense fora da caixa.

Fale com quem sabe

É muito importante contatar agências de publicidade e marketing quando decidir começar a investir em social media. Um profissional qualificado e com experiência poderá orientá-lo a escolher as redes sociais certas para seu negócio e onde investir em anúncios de maneira correta. Além disso, uma empresa especializada nisso saberá direcionar a melhor estratégia de produção de conteúdo para atingir os objetivos certos.

Artigos relacionados

COMENTÁRIOS


© Copyright 2016 - Todos direitos reservados a Harpia Propaganda