Como começar um website

Por 29/03/2017
Como começar um website

Para muita gente, criar um website ainda parece uma tarefa complexa, cheia de dificuldades e mistérios. Para quem é dono de pequenas e médias empresas, ou mesmo para um microempreendedor individual, essa mentalidade pode criar um grande obstáculo.

Na era digital, ter um site para seu negócio representa ter uma vitrine consistente para o mundo todo. Não possuir uma página online para seu negócio representa um grande impacto negativo nas vendas. De acordo com um levantamento feito pela companhia TNS Global Research, 92% dos consumidores fazem pesquisas na internet e comparam diferentes sites antes de adquirir um produto ou serviço, considerando os websites das lojas como etapas decisivas na hora de fechar negócio. Se você faz parte da estatística que acha a criação de um site um grande bicho de sete cabeças, chegou o momento de desmistificar isso e aumentar suas vendas!

Como criar um site?

Para estruturar um site, é preciso escolher primeiramente uma plataforma que te ajude nessa empreitada. Existem softwares que permitem ao usuário personalizar totalmente todos os aspectos de sua página através de códigos HTML (uma espécie de DNA do site, que usa comandos específicos para fazê-lo funcionar) enquanto outros oferecem layouts prontos, intuitivos e fáceis de instalar e usar. Escolher a melhor plataforma para você depende do seu nível de conhecimento, tempo e disposição para aprender.

Plataformas para websites – nível básico

Se você não tem nenhuma noção de programação, não precisa desistir de criar um site por isso. Existem diversas plataformas para quem possui pouco ou nenhum nível de conhecimento. Uma das mais famosas é o Google Sites. Com interface extremamente simples e intuitiva, ela permite que o internauta crie seu site e adicione diversas funcionalidades (como vídeos e formulários de contato, por exemplo) sem precisar mexer com nenhum tipo de codificação. Além disso, também permite que o usuário registre um domínio próprio – que são aquelas URLs terminadas em .com ou .com.br.

Outra opção famosa nesse segmento é o Wix, que também oferece templates prontos e permite que o usuário organize um site inteiro em menos de uma hora, apenas arrastando e soltando os itens que seja adicionar ao design de seu site. O Sitejam também oferece recursos bem semelhantes, com o adicional de que é possível montar um e-commerce e vender produtos nele e montar uma versão mobile.

Plataformas para websites – nível avançado

Se você já tem alguma noção de programação, está disposto a aprender ou conhece alguém que quer te ajudar, existe uma gama de softwares para você. Em geral, essa opção oferece mais autonomia, já que você pode personalizar o site da maneira que quiser.

Para criar os códigos HTML e CSS, que serão a base do seu site, os programas mais populares são o Adobe Dreamweaver e o Microsoft Frontpage. Neles, você organizará toda a estrutura do seu site escrevendo e testando códigos. Depois dessa etapa, você precisará conseguir um local para hospedar seu site – ou seja, comprar um domínio. Muitos sites oferecem esse serviço, como o Registro BR, o Uol Host e o Super Domínios.

Em seguida, você precisará providenciar uma plataforma para editar a parte textual do seu site, como posts, landing pages e descrições de serviços e produtos. Os mais famosos são o WordPress e o Cutenews, que precisarão ser instalados em seu host (local onde você hospeda seu site) para funcionarem.

Na dúvida, vale consultar um profissional da área, ir aos pouquinhos ou começar com uma plataforma em nível básico e depois migrar para o nível avançado. O importante é lembrar que criar um site é possível, e mais fácil do que você imagina.

Artigos relacionados

COMENTÁRIOS


© Copyright 2016 - Todos direitos reservados a Harpia Propaganda